Contabilidade

Métodos de Custeio Contábil

A contabilidade determina o “custo histórico” dos bens e serviços produzidos. Individualmente, há necessidade de utilização de critérios e rateios, visando alocar os custos diretos e indiretos.

Os custos diretos (matéria prima, embalagens, materiais secundários, mão de obra, processamento de terceiros) são alocados diretamente aos produtos, enquanto que os indiretos (supervisão e gastos gerais) são rateados na base da produção ou da utilização de recursos diretos, ou ainda em critérios adequados estabelecidos pela engenharia de produção.

Para fins de legislação do imposto de renda há 2 métodos de custeio contábil admissíveis:

1. Custeio por absorção: consiste na apropriação contábil de todos os custos causados pelo uso de recursos da produção aos bens ou serviços elaborados.

2. Custeio padrão: custo pré-atribuído, tomado como base para o registro da produção antes da
determinação do custo efetivo. Entretanto, a legislação do imposto de renda exige que se faça o ajuste posterior, entre a diferença do custo padrão e do efetivamente apurado.

Conheça a obra Contabilidade de Custos para maiores detalhamentos.