Contabilidade

Guia para Implementação do IFRS nas Pequenas e Médias Empresas

Como profissionais da área, devemos atentar às alterações legais e aplicá-las o mais brevemente possível visando à qualificação dos nossos serviços e a valorização profissional da classe contábil.

Agora com as novas normas contábeis em vigência, os contadores precisam rever o preço cobrado pelos seus serviços devido à maior sofisticação das informações, em contrapartida iremos perceber uma substancial melhora na gestão das empresas brasileiras de menor porte que terão informações mais precisas para a tomada de decisões.

Se nós profissionais da contabilidade queremos deixar de ser vistos como “um mal necessário” para a simples apuração de impostos, devemos iniciar a transformação em nós mesmos, deixando de apurar os demonstrativos contábeis apenas quando nos são solicitados e para atendimento a terceiros.

A fim de auxiliar os contabilistas e empresários na difícil atividade de adaptação às novas normas internacionais, lançamos o guia para implementação das rotinas contábeis nas pequenas e médias empresas, de acordo com os ditames do IFRS.

A obra possui linguagem acessível e detalha as principais alterações que afetam a contabilidade das pequenas e médias empresas de acordo com o novo padrão contábil.

São mais de 100 páginas de conteúdo elaboradas com base nos apontamentos e na regulamentação emitida pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis e pelo Conselho Federal de Contabilidade.

As entidades que realizam a análise de crédito, as instituições financeiras e outros usuários externos já utilizam e exigem as demonstrações contábeis de acordo com o padrão contábil internacional.

Isto significa que a contabilidade já mudou, e é necessário preparar-nos para não sermos surpreendidos em um futuro muito próximo!

Conheça a obra Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas – A Adoção do IFRS nas PME´s