Notícias e Enfoques

Escrituração – Microfichas

A partir de 9 de maio de 2006, as pessoas jurídicas podem adotar como instrumento de escrituração do Livro Diário e do Razão os livros de microfichas de saída direta do computador previstos pela legislação comercial.

Contudo, a utilização desse instrumento não desobriga a guarda e conservação dos originais dos documentos comprovantes dos lançamentos nele efetuados até que ocorra a prescrição dos créditos tributários a que se refiram.

Base: Solução de Divergência Cosit 13/2012