Artigos

Des(dez)motivação

Por Gilmar Duarte

A depressão será o mal do século XXI. Acredita-se que 30% da população mundial sofra da doença, sem saber. A indisposição é mais forte com ela, mas acontece também sem ela.

São tantos problemas no nosso dia a dia: trabalho, família, escola, igreja, amigos e até mesmo no lazer. Esses problemas se não forem bem resolvidos nos deixam melancólicos e sem ânimo para desenvolver as atividades que podem ser prazerosas. E mais ainda, o desanimo poderá desencadear um processo depressivo.

A vida pode ser um constante mar de tempestades, mas também ser de belos dias com brisas suaves. Tudo isto dependerá de como a encaramos.

Nesta semana recebi o convite para participar de um grupo no WhatsApp de contadores da Baixada Fluminense (Rio) e logo compreendi tratar-se profissionais da contabilidade que estavam reerguendo um sindicato que havia sido fundado em 1956 e por algum motivo tinha paralisado suas atividades há algum tempo.

Antes de manifestar-me preferi ficar atento para conhecer as pessoas e suas intenções e tive a grata satisfação de assistir construção de uma bela e promissora história. Pessoas motivadíssimas e desejosas da união para oferecer melhores condições para toda a classe contábil.

O momento que estavam discutindo a recriação da logomarca foi especial. Segue alguns dos comentários:

  • Deve ser algo inovador;
  • Tem que ser como um marco para alavancar a região;
  • Algo que a classe se sinta valorizada;
  • Deve sair da mesmice;
  • Cor que remeta à sobriedade;
  • Uma planta que represente a segurança.

Um dos membros, com alguma habilidade transformou as muitas sugestões numa linda logomarca, mas destacou a importância de contratar um profissional de designer para desenvolve-la. “Isto é apenas um esboço”, disse ele.

Nessas pessoas em nenhum momento observei que houvesse a DESMOTIVAÇÃO, mas sim DEZ MOTIVOS PARA A AÇÃO. Certamente havia mais que dez motivos. As pessoas não reclamavam das dificuldades, dos problemas, das finanças, da concorrência desleal, mas desejavam construir algo em benefício da categoria.

Fez lembrar-me quando iniciamos os estudos para buscar critérios claros e justos para precificar os serviços contábeis e um colega “mais experiente” disse que “Já foi tentado de tudo e nunca deu certo. Vocês só perderão tempo.” Nós investimos muito tempo e deu certo, mas mesmo que não tivéssemos sucesso ficaríamos orgulhoso por ter tentado.

A coisa mais emocionante é ver pessoas se esforçando para fazer algo melhor. Quando são jovens é contagiante o atrevimento de alguns, mas quando são pessoas experientes, considero o atrevimento maior ainda, pois é nítido que continuam com a mente jovem.

Amigos da “Baixada” não percam este atrevimento, mesmo com o passar do tempo continuem com a mente jovem e tenham a certeza que sempre é possível fazer mais e melhor. Parabéns!

Gilmar Duarte é contador, diretor do Grupo Dygran, palestrante, autor dos livros “Honorários Contábeis” e “Como ganhar dinheiro na prestação de serviços” e membro da Copsec do Sescap/PR.

Atenção: O autor aceita sugestões para aprimorar o artigo, no entanto somente poderá ser publicado com as modificações se houver a prévia concordância do autor.

Com esta obra o pequeno e médio empresário terá condições de compreender a importância da precificação correta para a sobrevivência de qualquer organização e comprovará que a mesma é menos complexa do que parece, sentindo-se motivado a implantá-la na sua empresa prestadora de serviços!Totalmente atualizada e com linguagem acessível! Como Ganhar Dinheiro na Prestação de ServiçosMais informações

Pague em até 6x sem juros no cartão de crédito!

ComprarClique para baixar uma amostra!