Artigos

Auditoria Contábil e Gerenciamento Empresarial

A auditoria contábil é um conjunto de atividades técnicas e procedimentos, exercidas de forma sistematizada numa entidade, compreendendo a avaliação e exame dos procedimentos e das operações praticadas, com vistas a apurar a exatidão dos registros contábeis e a realidade das operações, e sobre estes emitir uma opinião.

Desta forma, a gestão da empresa, bem como sócios, acionistas e demais interessados (financiadores, investidores em potencial) podem avaliar o desempenho financeiro e econômico, bem como preparar projeções de resultados. No caso dos gestores e controladores, poderão agir na prevenção e correção de rumos do negócio.

Um dos itens de planejamento da auditoria é a avaliação do controle interno em uso pela empresa a ser auditada, pois sua qualidade determina a natureza, a época e a extensão dos procedimentos a serem aplicados.

Por controle interno, entende-se o conjunto de procedimentos, métodos e rotinas com o objetivo de proteger os ativos, produzir dados contábeis confiáveis e ajudar a administração na condução ordenada das atividades operacionais.

Alguns princípios fundamentais balizam os sistemas de controles. Os principais são: responsabilidade funcional, rotinas internas, acesso aos ativos, segregação de funções, confronto dos ativos com os registros e vinculações do sistema.

Revisão Analítica das Contas Contábeis

A revisão analítica se constitui num conjunto de testes a serem aplicados nas contas do balanço patrimonial e nas da demonstração do resultado do exercício com o objetivo de detectar e analisar situações ou tendências atípicas e significativas.

A harmonia interna ou a uniformidade das contas que se relacionam constituem-se, em última análise, numa forma de verificar a correção dos saldos das contas. Por exemplo, a conta de Despesas com Vale Transporte, por exemplo, deve guardar razoável relação com a de Despesas de Salários.

Por outro lado, as discrepâncias entre os valores apresentados numa conta para dois períodos podem evidenciar casos a serem investigados. Não é à toa que, atualmente, a auditoria contábil, realizada interna ou externamente (por empresa independente de auditoria) é um dos elementos para auxílio na tomada de decisões empresariais, correção de rumos, planejamento orçamentário e tributário.

Os relatórios de auditoria poderão facilitar a gestão otimizada dos escassos recursos financeiros empresariais, na medida em que mostrarão falhas, erros, fraudes e outros danos patrimoniais, reais ou potenciais.

Uma coletânea de centenas de análises totalmente práticas para auditoria contábil!. Além de uma linguagem acessível, é uma obra atualizável. Contém pontos (questionários) sobre as contas e demais controles contábeis. Modelos de PTA - Papel de Trabalho, prontos para serem utilizados em uma auditoria, em planilha EXCEL, que diminuirá o seu tempo para a abertura de papéis de trabalho e análise. Clique aqui para mais informações. Manual Prático de Auditoria Contábil

Mais informações

Pague em até 6x sem juros no cartão de crédito!

ComprarClique para baixar uma amostra!

Contabilidade

Cuidados com Fraudes Contábeis!

A fraude resulta da aplicação de inteligência (planejamento, organização, administração e execução) para cometer ato ilícito, reprovado pelas leis, pela moral e pela ética.

Logo, entende-se como tal o ato ou omissão decorrente da intenção planejada para omitir a verdade e, através da mentira, prejudicar o outro ou, então, leva-lo a errar.

Além do sentido de contravenção à lei, notadamente a fiscal, possui o significado de contrafação, isto é: clonagem de documentos, falsificação de qualquer artigo, marca e de dinheiro, adulteração de documentos e alteração indevida de uma coisa por outra, ou seja, tentar convencer alguém de que algo é verdadeiro ou provado quando, de fato, não o é.

É o ato lesivo aos interesses de outrem cometido com a intenção premeditada de causar mal ou prejuízo.

As fraudes administrativas, quanto à contabilidade, podem ocorrer de forma a buscar lesões ao erário (redução de forma ilícita de tributo devido), aos sócios (manipulação de resultados), fornecedores e bancos (balanços adulterados) e outros interessados direta ou indiretamente nas demonstrações contábeis (como auditores independentes, órgãos de regulação – BACEN, CVM, trabalhadores que recebem bônus por Participações nos Resultados, etc.).

De qualquer forma, há responsabilidade do contabilista e do administrador que assinam o balanço, bem como o auditor que o certifica, mesmo que venham alegar desconhecimento da prática dentro da organização.

Desta maneira, sugere-se que, preventivamente, as organizações, administradores e profissionais envolvidos com a contabilidade busquem práticas gerenciais regulares, coerentes e eficazes contra as fraudes, erros e incorreções, dentre elas:

– auditoria interna;

– controles internos;

– análises estatísticas para detectar desvios;

– conciliações periódicas de contas relevantes, como clientes, fornecedores, empréstimos bancários, aplicações financeiras, entre outras.

Recomendamos, entre outros, a leitura da obra Prevenção de Riscos Patrimoniais, Fiscais e Contábeis:

Previna-se de fraudes, dolos, erros, simulações, arbitramentos, distribuições disfarçadas de lucros, omissões de receitas e outros atos que podem descaracterizar a contabilidade e trazer danos fiscais irreparáveis às entidades! Descubra novas práticas saudáveis de governança corporativa. Obra com garantia de atualização por 12 meses! Proteção Patrimonial, Fiscal e Contábil

Mais informações

PAGUE EM ATÉ 6X SEM JUROS NO CARTÃO DE CRÉDITO!

ComprarClique para baixar uma amostra!

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 29.10.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

INSS Retido sobre Serviços

Perdas no Recebimento de Créditos

Programa de Alimentação do Trabalhador – PAT

ARTIGOS E TEMAS

Valor Percebido pelo Cliente é Nova Tendência de Precificação

Preces de um Contabilista

NOTÍCIAS E DESTAQUES

Licença Maternidade – Adoção – Alteração

Simples Nacional: Alerta pela Receita – Como Proceder?

DIRF – Saem Normas para Apresentação

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

Alerta Simples Nacional – Como Proceder?

Economia Tributária – Redução a Zero do IOF – Exportadores

PIS e COFINS – Operadoras de Planos de Saúde – Exclusão de Despesas na Base de Cálculo

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Contabilidade Pública

Manual de Perícia Contábil

Manual do IRPJ no Lucro Presumido

Contabilidade

Notícias Contábeis 03.09.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Parcelamento de Débitos Tributários

Terceiro Setor – Prestação de Contas ao MPAS

Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados – DLPA

ARTIGOS E TEMAS

O Futuro da Contabilidade no Brasil

Plano de Contas nas Sociedades Cooperativas

DESTAQUES E NOTÍCIAS

Retificação de Erros na Escrituração Contábil

A Responsabilidade Legal e Ética do Auditor

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

O Maior Contribuinte de Impostos!

Créditos de ICMS sobre a Energia Elétrica

GESTÃO DE EMPRESAS CONTÁBEIS

Interação – Chave da Inovação para Empreendedores Contábeis

Contrato de Serviços Contábeis: a Segurança nem Sempre Praticada do Jeito Certo

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Auditoria de Balanço

Cálculo do Lucro Real Trimestral

Análise das Demonstrações Financeiras

Contabilidade

Revisão Interna dos Procedimentos Contábeis

A rotina é uma das características da elaboração das demonstrações contábeis. Classificação, lançamentos, conciliação, ajustes e análises conduzem a uma adequada representação da situação patrimonial da entidade, seja através de balancetes ou de balanço patrimonial com respectivas notas e demonstrativos.

Entretanto, mesmo fruto de procedimentos automatizados, há de se considerar as possibilidades de erros decorrentes dos processos. Mesmo numa pequena empresa ou entidade do terceiro setor (ONG) é necessário, periodicamente, uma revisão interna dos procedimentos utilizados.

Exemplo: o saldo da conta de caixa representa efetivamente o numerário existente na tesouraria, ou é apenas um número apurado contabilmente? O saldo da conta clientes é líquido e certo, ou há inadimplência significativa que deveria ser provisionada para fins de perda dos créditos? Há adiantamentos registrados contabilmente e que deveriam ser baixados, seja porque o fornecedor de serviços ou produtos já cumpriu suas obrigações (neste caso, houve falha na recepção do documento fiscal da operação) ou porque a própria entidade desistiu do contrato?

A reconciliação das contas contábeis deveria apurar tais ocorrências, mas nem sempre isto é realizado no devido momento (seja porque há pressa na elaboração ou fechamento do balancete/balanço ou outro motivo).

Os controles internos regulares e consistentes poderão permitir a prevenção dos erros (e até de fraudes) na escrituração. Sugere-se que a revisão interna seja implementada, a partir dos procedimentos mais comuns (como a contagem efetiva do numerário em caixa, na tesouraria).  O próprio contabilista ou pessoa de confiança indicada pela administração poderá comandar tal revisão, mas o ideal seria que este comando seja realizado pela auditoria interna ou até pela auditoria externa da organização.

Conheça algumas obras de nossa editora relacionadas a este assunto:

Uma coletânea de aspectos relevantes de controle empresarial. Além de uma linguagem acessível, é uma obra atualizável. Contém abordagens sobre controles internos imprescindíveis a qualquer empresa e abrange as principais aspectos de controladoria empresarial. Anos de prática de controladoria reunidas em um só lugar! Clique aqui para mais informações. Uma coletânea de aspectos relevantes de Auditoria de Gestão. Além de uma linguagem acessível, contém abordagens sobre controles imprescindíveis a qualquer empresa e ainda Modelos de Relatório de Auditoria Gerencial. Procedimentos, diferença entre erros e fraudes, prevenção de riscos, modelos de relatórios, planilhas, etc. Clique aqui para mais informações.Conceitos, práticas, técnicas fundamentais, metodologias e princípios para aplicação em Auditoria Interna. Conteúdo prático, são vários anos de conhecimento profissional e treinamentos na área disponíveis em um único material! Clique aqui para mais informações.

Notícias e Enfoques

Notícias Contábeis 23.04.2013

GUIA CONTÁBIL ON-LINE

Depósitos Judiciais

Terceiro Setor – Fundações

Ações ou Quotas em Tesouraria

IRPF

Integralização de Capital em Bens e Direitos

Como Declarar Bens e Direitos Recebidos em Doação ou Herança

ARTIGOS

Crises no Mercado e na Motivação podem Alavancar Negócios?

DESTAQUES E NOTÍCIAS

Publicações Obrigatórias – S/A

Informação de Tributos ao Consumidor

DACON – Nova Prorrogação de Prazo

Contribuição Previdenciária sobre o Faturamento – Redefinição dos Códigos de Recolhimento

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas

ICMS – Créditos e Compensações

Cuidado com a Prescrição Tributária!

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Controladoria

Escrituração Fiscal – ICMS/IPI

Manual do Imposto de Renda Pessoa Física

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 09.10.12

NORMAS CONTÁBEIS
Resolução CFC 1.408/2012 – Altera a NBC TG 18 – Investimento em Coligada e em Controlada e a ITG 09 – Demonstrações Contábeis Individuais, Demonstrações Separadas, Demonstrações Consolidadas e Aplicação do Método da Equivalência Patrimonial.
NORMAS LEGAIS
Veja a sinopse das Normas Legais, Tributárias, Contábeis e Trabalhistas editadas em setembro/2012.
Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 28.08.12

GUIA CONTÁBIL ON LINE
Arrendamento Mercantil (Leasing)
Estornos e Retificações de Lançamentos
Ajustes Contábeis de Exercícios Anteriores
ATUALIDADES NORMATIVAS
Acompanhe, diária e gratuitamente, a íntegra das principais atualidades normativas.
Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 24.04.12

GUIA CONTÁBIL ON LINE
ICMS – Venda Ambulante
Escrituração Contábil – Formalidades
Ágio e Deságio na Aquisição de Participações Societárias
REDES SOCIAIS
Também estamos presentes no Facebook. Curta a Fan Page do Portal de Contabilidade!
Você também pode acompanhar as principais notícias da área contábil seguindo o Twitter Guia Contábil
Atualize-se pelo Blog Guia Contábil lendo as últimas notícias e os enfoques relevantes que afetam a contabilidade.
Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 10.01.12

GUIA CONTÁBIL ON LINE
Balanço Patrimonial
Provisão para o Imposto de Renda
Terceiro Setor – Demonstrações Contábeis